ilustração de JP Veiga

PATRíCIA MONTêS
ESCRITOR

------------------------------------------------------------------------------

Email: escritora@patriciamontes.com.br
Estado: RJ
Conheça mais sobre o autor em http://www.patriciamontes.com.br


------------------------------------------------------------------------------


UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA - COMO TUDO COMEÇOU


Desde bem pequena, gostava muito de ouvir histórias. As primeiras que ouvi foram contadas por minha avó Eunice, a quem chamávamos carinhosamente de vovó Nicinha.
Éramos três netas, as Risoletas, apelido dado pela vovó, que trocava nossos nomes com frequência. As férias eram sempre recheadas de muitas brincadeiras e piqueniques no quintal. Fazíamos teatrinhos no grande porão da casa, onde vovó também costurava as roupas das nossas bonecas. E, antes de dormir, ela nos brindava com muitos contos de fada.
Vovó tinha que contar e recontar todas as histórias, e, quando não sabia mais o que narrar, inventava. Ouvíamos cada história com muita atenção e curiosidade. Nelas havia princesas, madrastas, bruxas, anões, castelos e casebres. Alegrias, tristezas, surpresas, medo e espanto – permeavam nossa imaginação.
Recebi também muito incentivo dos meus pais e mestres, para o desenvolvimento da leitura e escrita para desfrutar do universo mágico e lúdico da literatura.
Tive uma infância rica em experiências literárias, período em que pude descobrir diversos autores e viver as aventuras de cada livro, mergulhando nas histórias de seus personagens.

E desde então eu soube que escrever seria para sempre!

------------------------------------------------------------------------------


Felipo, o gato violinista


O frio era intenso e a neve caía incessantemente que Felipo não podia sair de casa. Isso o deixava chateado, pois ele adorava passear. Mas lembrou-se que podia tirar umas férias e decidiu conhecer um país tropical, com bastante sol...
Será que é possível ter amigos, mesmo que eles morem longe da gente?
Essa graciosa história fala sobre a amizade entre gatos que vivem em países diferentes e como eles fazem para mantê-la. Descreve ainda o desafio de fazer escolhas. Em certo momento, Felipo terá que fazer uma escolha. O que será que ele vai escolher?

------------------------------------------------------------------------------



***