ilustração de JP Veiga

 



Câmara do Livro
Câmara do Livro RS

Em 2008, durante a 54a. Feira do Livro de Porto Alegre, Hermes Bernardi Jr. e Sônia Zanchetta, representando respectivamente a AEILIJ e a Coordenação da Área Infantil e Juvenil da Feira do Livro de Porto Alegre, firmaram um acordo para realização continuada de uma ação que atendesse aos professores, mediadores de leitura e bibliotecários frequentadores do evento. Desde então, há cinco anos ininterruptos, a AEILIJ realiza seu seminário anual. Na pauta, assuntos relacionados à estética, à importância da leitura, à qualificação do leitor da palavra e da imagem. Entre os destacados convidados, já participaram do Seminário AEILIJ inúmeros autores, editores e mentores de importantes projetos literários, além de grandes pensadores da LIJ brasileira, como João Luís Cecantinni, Maria Antonieta Cunha, Vera Teixeira Aguiar e o mexicano Rubén Pérez Buendia. O seminário tem contribuído para necessárias reflexões, tanto no campo da produção e da economia, como da cadeia criativa do Livro, Leitura e Literatura.
Mantivemos presença constante nos eventos da Câmara do Livro desde então. E, a partir de 2019 a AEILIJ apresenta, na Feira do Livro de Porto Alegre, mesas em parceria com a AGES – Associação Gaúcha de Escritores.


Movimento por um Brasil literário
"Este website nasceu da vontade do Instituto C&A, da Associação Casa Azul – organizadora da FLIP -, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), do Instituto Ecofuturo e do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) de juntar esforços e experiências para incentivar a criação de um Movimento por um Brasil literário. Um movimento não passa a existir de repente, nem se baseia em uma ideia inédita. Ele é feito de pessoas e organizações, com propósitos e desejos semelhantes, experiências e anseios complementares, mas comporta a diversidade, o que o enriquece. Ele organiza e sistematiza ações e pensamentos para um determinado objetivo, a fim de causar um impacto na busca por esse propósito. É fruto de uma mobilização."


Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil
A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ – tem sido parceira da AEILIJ desde 1999; ano do I Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens e da criação da Associação.
Já na primeira edição do Salão, a FNLIJ disponibilizou para a AEILIJ um estande institucional que, ao longo dos anos, acabou se transformando em ponto de encontro entre autores e editores. No estande, o público pode conferir uma exposição de livros dos associados, recebe informações sobre nosso trabalho e o boletim. O estande também é procurado por autores estreantes em busca de informações sobre como se filiar e orientações sobre edição de livros e mercado.
Mas essa parceria vai além: ela é, sobretudo, filosófica. Afinal, são instituições que trabalham em prol da qualidade da LIJ brasileira, da formação do professor leitor, da defesa das bibliotecas e da democratização da literatura no Brasil.



Flist
A Festa Literária de Santa Teresa – FLIST nasceu da prática literária da Biblioteca Anísio Teixeira do Centro Educacional Anísio Teixeira - CEAT, promotor e realizador da FLIST.
A AEILIJ tem sido parceria desde 2011, levando a todas as edições o Discussões AEILIJ. Na 4a. FLIST ocorreu o lançamento da Coleção AEILIJ Solidária, em parceria com a Fundação Dorina Nowill.


Fundação Dorina Nowill para Cegos
No dia 26 de agosto de 2010, Anna Claudia Ramos e Roberto Gallo, representando respectivamente a AEILIJ e a Fundação Dorina Nowill para cegos, assinaram um termo de parceria entre as instituições para darem início à Coleção AEILIJ Solidária. Os livros podem e devem ser lidos por todos, mas foram produzidos para atender às crianças com pouca ou nenhuma visão. Para isso foi feita impressão em braille por sobre o texto com fonte ampliada. As ilustrações são impressas em relevo pontilhado, com poucos detalhes e cores fortes e chapadas, para facilitar a leitura pelo leitor com deficiência visual.



***




Parcerias com blogs literários:



Livros para todas as idades



***